fbpx

Dica para Aumentar o CTR nas Campanhas Google Ads

Neste Artigo abordaremos uma Matadora Dica para Aumentar o CTR nas Campanhas Google Ads que também funciona para Tráfego Orgânico. Aliás, uma dica só não. Várias Dicas para Aumentar o CTR do seu Anúncio Google!

Primeiro vamos entender todo conjunto…

O que é Ctr

A CTR é a relação entre visualizações do anúncio da página (ou do seu “resumo” quando se trata de um resultado orgânico) e cliques que a página recebe. Ou seja, um anúncio visualizado 10 vezes e clicado uma vez é diferente de um anúncio visualizado 5 vezes e clicado uma vez. No segundo caso, teremos o dobro da CTR do que no primeiro.

E tudo bem? Claro! O que nos interessa é ter a CTR mais alta possível.

O que nos interessa são os resultados e o maior número de cliques, o que nos mostra que o que estamos fazendo é eficaz. Mas, logicamente, estamos interessados ​​em contextualizar esse número de cliques para saber os esforços que tivemos que investir para alcançá-los, essas são as visualizações. E essa proporção é o que a CTR ou a taxa de cliques nos informa.

A CTR é importante para o SEO?

Sim! É importante! De fato, a CTR é um dos fatores de posicionamento mais importantes da atualidade.

Imagine uma página de resultados do Google. Temos de 0 a 4 anúncios na parte superior da página de resultados e mais de 8 a 10 resultados orgânicos de sites para uma determinada pesquisa. Esses sites que você está vendo todos eles estão mostrando, mas apenas um deles será o sortudo e receberá seu clique.

O site em que você clicou terá uma CTR melhor, porque foi exibida junto com as outras nove, mas você clicou nele. E essa proporção entre visualizações e cliques é um dos fatores que contribui para o posicionamento de uma página.

Se um site que está na quinta ou sexta posição por exemplo nos resultados de pesquisa do Google recebe mais cliques do que outro que está na terceira ou quarta posição, você pode ter certeza de que esse site subirá posições até ficar acima do outro.

Existem outros fatores, logicamente, mas sem dúvida a CTR é um deles e muito importante.

Como a CTR pode ser melhorada?

Para ter uma boa relação de cliques, você pode fazer muitas ações, como clickbait , títulos interessantes, bons metadescriptions, etc. etc. Mas continuaremos falando sobre tudo isso em outros capítulos.

No momento, você já sabe o que é a CTR e é um fator muito importante que você precisa trabalhar para que seu site cresça naturalmente. Enfatizo o natural, porque isso também pode ser manipulado com as técnicas de SEO Blackhat .

Mas, como eu já disse, o Google acaba descobrindo todas essas manipulações e, quando o faz, age sem piedade. Faça o que é certo e obtenha uma boa CTR naturalmente para ajudá-lo a subir posições de maneira sólida e segura.

Abaixo veremos uma forma correta, fácil de ser implementada e 100% segura, uma vez que o CTR aumentará naturalmente.

Aumentar o CTR através das Metatags

Estamos chegando na parte da Dica para Aumentar o CTR nas Campanhas Google Ads. Agora que você já começou a entender, acompanhe este finalzinho para saber exatamente o que você deve fazer e porque.

Qual é o título e a meta descrição

O título não é propriamente um metatag , embora, como ele acompanha o <head>, seja normalmente considerado como tal. É a meta tag com maior peso em SEO . Daí a sua importância e a necessidade de fazer uma boa pesquisa de palavras-chave para elucidar quais são as mais apropriadas para o nosso nicho.

A meta descrição é o único metatag que conta hoje (será que ainda existe alguém para usar as meta palavras-chave?), E deve servir como um pequeno anúncio que incentiva a ação (CTA) e é sedutor e persuasivo. Aqui também devemos incluir nossas principais palavras-chave.

🏷️ O que são símbolos e emojis CTR

Símbolos e emojis são o fator diferencial que pode fazer um usuário clicar em nosso URL ou em outro. Mas você deve usá-las com moderação e sabedoria. Nosso snippet (snippet ou anúncio das Páginas de resultados de pesquisa) não parecerá uma árvore de Natal e o Google ignora nossa descrição e coloca qualquer snippet de texto em seu lugar.

Quando você conseguir posicionar seu site entre os 10 principais resultados de pesquisa dos SERPs, o mais difícil, precisará avançar para se destacar da concorrência e fazer com que o usuário clique no seu anúncio antes do resto . Mas como você chama a atenção deles? Quais são as maneiras de obtê-lo? Vamos ao que interessa.

🏷️ Otimize o título e a meta descrição para a aumentar o CTR

A primeira coisa que precisamos fazer é otimizar o texto do título e a meta descrição , pois é o que poderemos ver na tela quando nosso snippet aparecer; além do URL, é claro. Temos que ser capazes de escrever frases curtas e atraentes , à maneira de slogans publicitários, que convidam a uma chamada à ação e onde apresentamos nossas principais palavras-chave. Agora, devemos estar cientes de que o Google estabelece um limite para sua extensão (que no caso do título é de 55 a 60 caracteres e, na descrição, 156), se não queremos que seja cortado, algo que não é muito Elegante.

O título, com um espaço menor, nos força a ser ainda mais concisos. Idealmente, coloque as palavras-chave que melhor definem nossos negócios o mais à esquerda possível e, é claro, dispense artigos, preposições e vírgulas.

Um truque para destacar mais o título é usar a letra maiúscula inicial . Veja a diferença entre:

  • O que é a CTR em Marketing Digital | Tráfego 4×4
  • O que é o ctr em marketing digital | tráfego 4×4

Você também pode escrever uma palavra em letras maiúsculas (a mais usada, GRATUITA), mas não deve ser abusada, em parte também porque o efeito que ela tem é esteticamente feio.

Deve ficar claro que o Google mede o tamanho do título em pixels , não em caracteres, embora eles possam servir como referência. Por esse motivo, um “l” não ocupa o mesmo que um “m”, nem um “m” minúsculo como um “M” maiúsculo. A propósito, os emojis ocupam mais pixels do que letras.

Minha experiência, depois de analisar muitos SERPs e trechos, me diz que o Google é mais permissivo com o tamanho do título quando se trata da Home e que, nesses casos, pode ser exibido sem as reticências conhecidas cortadas em 63 caracteres , ou até mais (vim para ver um dos 68, nada menos). Embora, é claro, isso seja apenas para computadores, porque no celular será cortado.

Na meta descrição, podemos expandir um pouco mais, pois elas são duas linhas de texto, e a mais indicada neste caso é usar verbos que convidam a ações (por exemplo: compra, chamada, solicitação etc.), além de declarações de publicidade como “cotação gratuita ou sem compromisso”, “serviço 24 horas”, “10 anos de experiência”, “5 prêmios” ou adicione um número de telefone no final.

Além de seu tamanho, a principal diferença entre título e descrição é que, enquanto o primeiro é um fator de SEO de primeira linha (o mais importante, junto com o h1; e cuidado, o texto nos dois casos não deve ser idêntico), o segundo não conta para fins de posicionamento na web ou, pelo menos, não diretamente.

Permita-me explicar. É verdade que a meta descrição não afeta o SEO e que, nesse sentido, já podemos executar um preenchimento completo de palavras-chave que, por mais que coloquemos diversas repetições da  palavras-chave, o Google não nos recompensará melhorando nosso posicionamento; pelo contrário, se o irritarmos, ele pode até nos banir por enviar spam.

No entanto, a meta descrição desempenha um papel fundamental no posicionamento em si, pois, sendo uma parte visível do nosso anúncio, se, graças a isso, conseguirmos atrair a atenção do usuário e clicar em nosso URL, teremos aumentado a CTR, um das métricas mais importantes em SEO e que podem fazer seu site subir do 5º para o 1º lugar. Isso significa, aumentar muito o número de visitas. Nada mal, né?

🏷️ Símbolos, emojis e CTR

Mas, além de escrever um bom texto que convença o leitor usando técnicas de redação , o que mais podemos fazer para cativar seu olhar inquieto? É aí que entram os símbolos e emojis.

Os símbolos alteram a percepção do leitor, atraindo o olhar para a nossa faixa.

A publicidade de longa data usa psicologia e neuromarketing para alcançar o consumidor . Entender como a mente humana funciona é essencial para capturar sua atenção e colocar nossos produtos através de seus olhos.

No nosso caso, se todos os anúncios forem semelhantes em termos de forma e conteúdo, qual deles o cliente em potencial escolherá? Bem, quase com toda a probabilidade, o primeiro a aparecer, ou talvez o segundo, se você estiver curioso, ou o terceiro, se estiver muito animado, mas dificilmente chegará ao sétimo.

Pode-se fazer algo para mudar essa tendência, esse atavismo? Sim, você pode, e para isso temos que brincar com a sua percepção visual.

As letras são apenas letras, diferentes, mas ao mesmo tempo. No entanto, se introduzirmos um símbolo ou um emoji entre tantas letras, o olhar, infalivelmente e inconscientemente, se voltará para ele . Mas com símbolos e emojis, você precisa ser extremamente cuidadoso, porque nem todo mundo vale a pena.

Cada símbolo e emoji tem um tem um significado diferente, e você deve escolhê-los com sabedoria. Alguns dos caracteres Unicode mais usados, os que geralmente fornecem os melhores resultados, são os seguintes:

© (os direitos autorais nos dão distinção e originalidade)
® (uma marca registrada transmite segurança e confiança)
★★★★★ (cinco estrelas simulam uma classificação alta)
✓ (somos uma marca testada e temos a solução certa para suas necessidades)
☎ (Ligar para nós é o nosso principal objetivo; converter leads em clientes)

Nos ícones UTF-8 , também temos uma boa amostra de símbolos, a maioria em preto e branco, mas também em cores. Há de figuras geométricas a símbolos, através de emoticons.

Os emojis são ainda mais impressionantes , se possível, embora não sejam adequados para nenhuma página da web . Dependendo de quais temas, eles poderiam dar uma imagem excessivamente informal. A inclusão de mais de um em um título ou meta descrição pode levar à saturação visual.

Costumo pegar emojis e caracteres especiais na Internet e também testar nela. Uma das coisas que eu realmente gosto é ver como fica em cada navegador e sistema operacional: Apple, Google, Microsoft, Samsung, Facebook, etc.